Ariel Mariano silber

Laboratório de Bioquímica de Tripanossomatídeos

Me formei em Ciências Biológicas pela Facultad de Ciencias Exactas y Naturales, Universidad de Buenos Aires (1992), onde também defendi meu doutorado em 2000. Fiz meu Pós Doutorado no Departamento de Bioquímica do Instituto de Química da Universidade de São Paulo (2000-2004). Posteriormente obtive um projeto do programa Jovens Pesquisadores em Centros Emergentes (FAPESP), que foi sediado no Departamento de Fisiologia do Instituto de Biociências da USP. Em 2006 fui contratado como Professor Doutor no Departamento de Parasitologia - Instituto de Ciências Biomédicas - Universidade de São Paulo, onde, em 2011 obtive meu título de Livre Docente e a posição de Professor Associado. Desde 2018 sou Professor Titular desse Departamento, onde desempenhei diversas funções, como ter sido membro e Vice-Coordenador da Comissão do Curso de Pós Graduação "Biologia da Relação Patógeno - Hospedeiro entre 2014 e 2016 (Conceito CAPES: 7), Vice Chefe do Departamnento entre 2016 e 2018. Fui também Tesoureiro, é membro da Diretoria da Sociedade Brasileira de Protozoologia (SBPz) entre 2012 e 2018. Adquiri alguma experiência e consciência da minha ignorância nas áreas de metabolismo e transporte de metabólitos, bioenergética, fisiologia mitocondrial em protozoários, assim como em desenvolvimento e validação de alvos para o desenho de drogas antiparasitárias. 

Que tipo de pesquisa o meu grupo realiza?

Os tripanossomas cruzi e brucei possuem uma linhagem de organismos muito interessante para entender a “história natural” da vida. Esses organismos divergiram muito cedo de linhages que evoluíram, gerando a maior parte dos organismos que conhecemos, como por exemplo: animais, plantas, fungos entre outros. Nesse percurso a combinação de evolução e seleção natural foram favorecidos selecionando processos biológicos diferentes daqueles conhecidos como canônicos. Em outras palavras, é possível encontrar nesses organismos processos de estudo que se diferem de outros organismos. Isso nos mostra que a natureza poderia funcionar sob lógicas distintas daquelas que a maioria dos pesquisadores estão habituados.Por outro lado, por esses parasitas serem causadores de doenças, a sua compreensão nos permite eventualmente imaginar possíveis intervenções orientadas ao controle das infecções causadas por eles. Portanto, o LaBTryps (Laboratório de Bioquímica de Tripamossomatídeos) desenvolve duas linhas de pesquisa que se inter-relacionam:

 

  1. Busca de alvos para terapia: Tentamos achar pontos de ataque eficazes contra eles, que possam dar origem ao desenvolvimento de possíveis novos medicamentos para melhorar a terapia existente. Porém, encontramos algumas dificuldades, como por exemplo: As duas drogas atualmente em uso para o tratamento da doença de Chagas, o Nifurtimox e o Benzonidazole, foram descobertas aproximadamente há 50 anos atrás. Essas drogas são problemáticas, porque a maioria das quimioterapias apresentam uma variedade de efeitos colaterais indesejáveis devido a sua alta toxicidade. Por isso, existe um esforço muito grande por parte de diversas instituições espalhadas pelo mundo, para descobrir novos medicamentos contra estas doenças;

 

  1. Compreensão da lógica metabólica dos tripanossoma: O metabolismo de um organismo pode ser definido como o conjunto de transformações químicas que acontecem com os nutrientes que ele consome, e que lhe permitem obter os componentes para a sua proliferação, sobrevivência em ambientes desafiadores, auto-reparo, produção de energia para sustentar seu movimento e manutenção e etc. Portanto, nos interessa fundamentalmente saber como os esses parasitas se alimentam, como processam esses alimentos, como extraem energia deles e como lidam com os períodos de baixa disponibilidade de nutrientes.

Equipe

Flávia Silva Damasceno

Janaína de Freitas Nascimento

Ana Milena Murillo Giraldo

Mayke B. Alencar

Richard Girard

Sabrina Del Carmen Marsiccobetre Castañeda

Roberto Issac Cuevas Hernández

Rodolpho Ornitz Oliveira Souza

Gabriela Torres Montanaro

Nossa galeria de fotos ;)

Letícia Marchese

Siga nossas redes Socias

© 2018 by ParasitasConectados

  • Facebook - Círculo Branco
  • Instagram - White Circle
  • Twitter - Círculo Branco