Sinalização de danos no DNA do parasita Leishmania

Nosso laboratório vem contribuindo para o entendimento das vias de sinalização de danos no DNA do protozoário parasita Leishmania. O estudo dos eventos de detecção e sinalização de danos no DNA de um organismo que muito cedo divergiu na linhagem eucariótica pode ajudar da compreensão de como as Resposta a Danos no DNA (DDR) se estabeleceu nos eucariotos. O foco dos nossos estudos é a via ATR. Mais especificamente, estudamos alguns componentes desta via, as proteínas de checkpoint Rad9 e Hus1, a proteína ligante de DNA fita-simples Rpa1 e a quinase ATR. Assim, investigar o envolvimento destas proteínas em aspectos mais específicos da biologia peculiar destes organismos. Como exemplo podemos citar o estudo de linhagens deficientes ou nulas para Rad9 ou Hus1 para caracterizar o papel destas proteínas no controle do número de cópias no genoma de Leishmania major; ou o uso de ChIP e ChIP-seq para investigar os complexos que contêm Hus1 ou Rad9 e os loci aos quais Hus1 se associa em L. major em resposta ao estresse replicativo.

Siga nossas redes Socias

© 2018 by ParasitasConectados

  • Facebook - Círculo Branco
  • Instagram - White Circle
  • Twitter - Círculo Branco